Segunda, 18 Outubro 2021
O mistério da cratera gigante no México que não para de crescer

O mistério da cratera gigante no México que não para de crescer

É um mistério que está a intrigar o mundo. Uma enorme cratera, aparentemente uma vala, começou a abrir-se no passado fim de semana num campo próximo à cidade de Santa Maria Zacatepec, no centro do México.

E dia após dia, este buraco de origem desconhecida não pára de crescer.

Segundo a “Forbes“, que cita os moradores de uma casa próxima, tudo começou a 29 de maio quando os residentes começaram por ouvir sons estranhos e, depois de verificar, descobriram um buraco no chão com um diâmetro estimado de cinco metros. Só que uma semana depois, a cratera continua a crescer e agora mede quase 100 metros com uma profundidade máxima dentro do buraco de pouco mais de 20 metros. Tudo isto coberto de água.

De acordo com a EFE, citada por meios locais, o crescimento obrigou as autoridades a isolar o local, várias casas foram evacuadas e pelo menos uma desabou parcialmente, à medida que a vala aumenta.

Dez pesquisadores do Instituto Politécnico Nacional chegaram entretanto ao local para trabalhar em coordenação com o Ministério do Meio Ambiente e determinar a causa desse fenómeno. Sem ter ainda conclusões, avançam que poderá ser uma falha geológica ou de variações de água no solo.

Para a “Forbes”, poderá ser um sumidouro, referindo que estes buracos são relativamente comuns em áreas de calcário, onde a água dissolve as rochas carbonáticas, formando grandes cavidades e condutos subterrâneos.

Normalmente, essas crateras aparecem quando a estrutura do solo muda e a camada superior não pode mais ser sustentada. A erosão das rochas nas camadas inferiores é a principal causa, mas sumidouros, cavidades subterrâneas desmoronadas, podem formar-se em qualquer tipo de rocha solúvel em água ou erodível por água corrente, como gesso, depósitos de sal ou sedimentos de granulação fina, adianta. Os buracos podem ter apenas um metro de diâmetro ou mais de 100 metros de largura e profundidade, explica a publicação.

Fonte: NIT

About Author

1 Response Found

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.